Infraestrutura

O PPGCAT possui sua secretaria instalada na Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia (EMEVZ), uma das unidades de melhor infra-estrutura dentre aquelas da UFBA. Sua secretaria ocupa um espaço físico de 100 m2, compartilhado com Programa de Pós-graduação em Zootecnia. A área é adequado às necessidades do seu corpo docente e discente. Outras dependências do EMEVZ dão apoio às atividades do curso, destacando-se auditório equipado com recursos multimídia, sala de defesa, além dos laboratórios de pesquisa que estão situados na unidade sede. Nos últimos anos a infraestrutura disponível para a execução dos projetos do Programa apresentou desenvolvimento considerável em virtude da aprovação de projetos em editais específicos, cuja finalidade foi a modernização dos laboratórios que compõem o Programa.Estas estruturas assumem múltiplas funções para atender as necessidades do ensino e pesquisa, mas também são utilizadas como instrumentos para a extensão.
 
Outras unidades que possuem colaboração com os docentes credenciados, destacam-se oInstituto de Ciências da Saúde da UFBA, Centro de Desenvolvimento da Pecuária,Fazendas Experimentais da UFBA e no Hospital de Medicina Veterinária da UFBA, as quais dispõem igualmente de infra-estrutura adequada às atividades desenvolvidas pelo Programa. 
Atualmente, o programa conta com:
 
O Centro de Desenvolvimento da Pecuária (cerca de 1000 m2 de área construída) - Unidade da Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia localizada em Oliveira dos Campinhos, Bahia, onde os estudantes têm realizado seus experimentos na área de grandes e pequenos ruminantes, com integração entre a graduação e a pós-graduação. Além disso, vários projetos, principalmente na linha de pesquisa em Produtos e Processos Biotecnológicos, estão em desenvolvimento nas Fazendas Experimentais da UFBA, localizadas nos municípios baianos de São Gonçalo dos Campos (100 hectares) e Entre Rios (350 hectares).
 
Laboratório de Patologia Veterinária (LPV) – Coordenação de Prof. Dra. Alessandra Estrela Silva Lima, onde são desenvolvidos serviços de rotina do hospital de medicina veterinária como a realização de exames post-mortem, avaliação histopatológica e imunomarcação (ensino, extensão e pesquisa) mediante realização de técnica de necropsia e colheita de materiais para exames diversos, além de acompanhamento de processamento histológico com leitura de lâminas e com emissão de resultados anátomo-patológicos, histopatológicos e imunoistoquimicos. 
 
Laboratório de Análises Clínicas (LAC) – Cooperação Prof. Dr. Luis Fernando Pita Gondim, onde são consignados exames de rotina complementares às atividades do Hospital de Medicina Veterinária e Zootecnia, a exemplo de: eritro, leuco e trombogramas, exames bioquímicos, citologias, sumário de urina, análise de líquidos cavitários, testes de compatibilidade sanguínea e mielograma. Além de atividades realizadas por estudantes de graduação em estágio e residentes. 
 
Laboratório de Reprodução Animal (LRA) – Cooperação Prof. Dr. Antônio Luis Lisboa Filho, onde são desenvolvidas pesquisas no âmbito do melhoramento genético animal, andrologia animal e biotecnologias reprodutivas. Além de atividades ligadas à extensão como avaliação de sêmen, inseminação artificial e cirurgias para controle reprodutivo. Além de atividades realizadas por estudantes de graduação em estágio e residentes. 
 
Laboratório de Toxicologia (LT) – Coordenação Profa. Dra. Maria José Moreira Batatinha, onde são desenvolvidas pesquisas relacionadas a ação fármaco-toxicológica de plantas tóxicas e medicinais. 
 
Laboratório de Diagnóstico das Parasitoses dos Animais (LDPA) – Coordenação Prof. Dr. Luís Fernando Pita Gondim, onde são realizadas cultura celular de protozoários coccídeos formadores de cistos, além de diagnóstico de enfermidades ocasionadas por protozoários, através de exames coprológicos, morfológicos, sorológicos, moleculares e testes de bioensaio. Além do diagnóstico de rotina para o diagnóstico sorológico de Neosporacaninum e Toxoplasma gondii, além de fornecer células e parasitos para laboratórios no Instituto de Ciência da Saúde, Hospital das Clínicas e Faculdade de Farmácia. 
 
Laboratório de Bacterioses (LABAC) – Cooperação Profa. Dra. Melissa HanzenPinna onde são desenvolvidas pesquisas relacionadas ao diagnóstico de enfermidades infecciosas em animais de produção, domésticos e silvestres. Adicionalmente, atua na modalidade de extensão universitária através de prestação de serviço especializado de diagnóstico de doenças bacterianas através de técnicas microbiológicas de isolamento/identificação, teste de susceptibilidade a antimicrobianos e provas sorológicas. 
 
Laboratório de Nutrição Animal (LANA) - Coordenação Prof. Dr. Ronaldo Lopes, onde é desenvolvido Avaliação de análise de alimentos para experimentação animal: proteína bruta, extrato etéreo, Fibra em detergente neutro, Fibra em detergente ácido, matéria seca, matéria mineral, lignina, umidade. Pesquisa: utilização de lipídeos para animais; perfil de ácidos graxos no leite e na carne, Zootecnia, nutrição de ruminantes, co-produtos do biodiesel na alimentação de ruminantes, lipídeos, ovinos, caprinos, bovinos e bubalinos. 
 
Laboratório de Infectologia Veterinária (LIVE) – Coordenação Profa. Dra. Stella Maria Barrouin Melo, onde são desenvolvidas pesquisas correlacionadas epidemiologia de zoonoses, principalmente relacionadas ao vírus da raiva e ao parasita da Leishmaniose, através do método de Reação em Cadeia Polimerase (PCR). Além de atividades realizadas por estudantes de graduação em estágio. 
 
Laboratório de Hematologia e Bioquímica Clinica – Coordenação Profa. Dra. Maria Consuelo Caribé Ayres, onde são desenvolvidas pesquisas correlacionadas às análises clínicas, eletroforese de proteínas, exames hematológicos de animais silvestres e aves para solturas, ruminantes, equinos, répteis e peixes, principalmente no monitoramento de enfermidades nutricionais e metabólicas. Além de atividades realizadas por estudantes de graduação em estágio, realiza o monitoramento sanitário de animais silvestres de instituições públicas federais ligadas ao meio ambiente. 
 
Laboratório de Biologia Celular e Molecular (BIOMOL) – Cooperação da Profa. Dra. Maria Angêla Ornelas de Almeida, onde são desenvolvidos projetos de pesquisa correlacionados ao diagnóstico molecular por PCR, principalmente de nematódeos gastrointestinais de ruminantes. Além de atividades realizadas por estudantes de graduação em estágio. 
 
Laboratórios de Neuroquímica e Biologia Celular (LabNq) – Coordenação da Profa. Dra. Silvia Lima Costa, onde são desenvolvidas pesquisas correlacionadas ao estudo de células gliais, fatores inflamatórios e tumores cerebrais. 
 
Laboratório de Imunologia da Faculdade de Farmácia – Coordenado pela Profa. Dra. Fernanda Washington de Mendonça Lima, onde é desenvolvido ações em nível de diagnóstico laboratorial para identificação de agentes causadores de infecções virais, bacterianas, parasitárias e fúngicas, no sentido de diagnosticar precocemente a etiologia das infecções tanto em termos individuais quanto coletivo. 
 
Laboratório de Imunologia e Biologia Molecular (LABIMUNO) – Coordenado pelo Prof. Dr. Ricardo Wagner Dias Portela, onde são desenvolvidos prestação de serviços na área de imunodiagnóstico humano e exames de imunodiagnóstico pelo Serviço Único de Saúde (SUS). Ensaios de diagnóstico oferecidos para a população através do SUS: Infecciosas - Toxoplasmose (IgG e IgM), Herpesvírus (IgG e IgM), Rubéola (IgG e IgM), Citomegalovírus (IgG e IgM), Doença de Chagas, Sífilis, HIV, HBC, HCV, HTLV. Hormônios: T3, T4, T4 Livre, TSH, FSH, bHCG, Testosterona, Progesterona, Estrógeno, Cortisona, GnRH e ensaios de imunodiagnóstico para a Linfadenite caprina e ovina. 
 
Laboratório MULTIUSO (Implantado em 2012) para uso em comum por discentes e docentes. 
 
Laboratório de habilidades cirúrgicas e recursos alternativos (LHC) – Coordenação do Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto, onde é realizado o desenvolvimento de habilidades técnico-práticas, na área de técnica cirúrgica, por estudantes e profissionais, em simuladores e recursos multimídia. 
Todos os laboratórios descritos estão plenamente adequados para a realização das atividades necessárias ao desenvolvimento das linhas de pesquisa do programa. Além destes, o PPGCAT conta com a colaboração dos seguintes laboratórios: Laboratório de Sanidade Avícola da Bahia (LASAB), Laboratório de Tecnologia de Produtos de Origem Animal (CARNE), o Laboratório de Tecnologia de Produtos de Origem Animal (LEITE), o Centro de Desenvolvimento da Pecuária (CDP) e as fazendas experimentais da Universidade: Entre Rios e São Gonçalo dos Campos.
 
Recursos Multimídia / Recursos de Informática - Integrada à estrutura do Programa, foi criada uma sala de informática, que atualmente encontra-se equipada com cinco aparelhos de microcomputadores com excelente relação processamento/armazenamento, permitindo aos discentes e docentes o uso de programas de alta capacidade no processamento dos dados e consequente agilidade à produção dos resultados obtidos em experimentos. Atendendo a esta demanda a UFBA forneceu para o uso dos docentes, desde 2014, a licença do Programa Estatístico S.A.S (StatisticalAnalysis System na versão 9.4 para o sistema Windows). 
 
Unidades em parceria com a PPGCAT disponibilizam, aos discentes do programa, cerca de 25 computadores com livre acesso a rede e estes encontram-se distribuídos nas da Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia, Biblioteca Central da UFBA, Instituto de Ciências da Saúde e na Escola de Farmácia. Além disso, a Universidade em toda sua extensão possui Hotspot disponibilizando internet gratuita via WiFi para qualquer dispositivo móvel (Celulares, Tablets e Notebooks), o que permite uma ampla possibilidade de acesso a informação. 
 
A PPGCAT disponibiliza projetores multimídia conectados a microcomputadores e um sistema de sonorização, o qual permite o uso para turmas com números de alunos variados. Estas salas possuem um sistema de climatização e cadeiras universitárias estofadas com prancheta escamoteável que garantem um maior conforto aos seus usuários. 
 
Internet/Intranet - Com relação aos serviços de internet a UFBA possui o Ponto de Presença da RNP (PoP-BA) que compõe a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa cuja a principal função é atender as necessidades do sistema de internet a nível acadêmico. Para o livre acesso as assinaturas dos principais periódicos científicos em ambientes fora da Rede UFBA, o Programa de Pós-Graduação disponibiliza por meio da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFBA) o acesso à rede virtual privada (VPN) permitindo uma maior comodidade ao corpo docente e discente. Outro fator importante é que a partir de 2001 toda a rede foi reestruturada permitindo a ampliação da velocidade de acesso entre a mínima de 34 Mbps e máxima de 622 Mbps. Esta mudança conduz a possibilidade de Transmissão de conteúdos em Vídeo, Videoconferência e Webconferência, dessa forma reduziu a distância entre os grupos de pesquisas, defesas de teses/dissertações, cursos e palestras. 
 
Infraestrutura de biblioteca - A Biblioteca Central da UFBA dispõem de 20 terminais de busca conectado ao Sistema Integrado de Bibliotecas (Pergamum) o que permite fazer uma ampla consulta pelos seguintes parâmetros: título, autor ou assunto; Todo o setor, bem como o campus universitário possui rede WIFI de internet aberta, além disso possui diversos pontos de rede para notebook; A biblioteca possui área de estudos com mesas e cadeiras que permitem um maior conforto aos discentes, e caso seja necessário um local mais reservado a biblioteca dispõe de cabines individuais de estudo. Para auxiliar na normatização das publicações é oferecido serviço de consultoria e verificações das normas da ABNT, bem como na elaboração da ficha catalográfica. Na rede UFBA e na biblioteca é possível acessar o Portal de Periódicos da CAPES e os demais sistemas eletrônicos de pesquisa bibliográfica disponíveis na UFBA (Portal de Informação da UFBA - PROSSIGA, Web of Science, Scielo, Catálogo Coletivo Nacional de Publicações Seriadas, Banco de Teses, entre outros). Por meio da REDE ORTODOCS os discentes têm acesso a todo o acervo das bibliotecas setoriais da UFBA, distribuídas em suas Unidades de Ensino e Órgãos Suplementares. Para a obtenção de artigos não contempladas pelo Portal CAPES ou de outras bibliotecas, os discentes contam ainda com os sistemas BIREME e COMUT. Vale ressaltar a importância de outras bibliotecas utilizadas pelos estudantes, disponíveis no Instituto de Saúde Coletiva, Instituto de Ciências da Saúde, Instituto de Matemática, Faculdade de Farmácia, Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz - FIOCRUZ-BA e EBDA-BA.
 
Informações Relevantes -  A UFBA implementou, em 2015, a plataforma de conteúdo digital da Dot.Lib, a qual possibilita a leitura de milhares de livros e periódicos digitais, em língua portuguesa, nas áreas de ciências da saúde (Editora Atheneu) e nas áreas de Ciências, Tecnologia e Medicina (Editora Springer). Esse sistema permite o acesso dentro do campus da UFBA, bem como fora da universidade por meio de acesso remoto. Também é importante destacar que a partir de 2001 foi criada a Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal (RBSPA), em formato digital e que pode ser acessada pelo endereço www.rbspa.ufba.br. A RBSPA conta com comitê editorial consistente, apresenta diferentes indexadores nacionais e internacionais, e possui classificação Qualis B3 em Zootecnia e B4 em Medicina Veterinária.
 
Português, Brasil